Sobre a matéria publicada no DCI no dia 25/04/2014, que fala sobre o crescimento de 62% dos empregos nos escritórios de contabilidade depois do Supersimples cabe ressaltar o numero de escritórios de forma autônoma que migram ou se formalizaram com MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL.

O ponto de vista de vários profissionais e da equipe do ITCCNT.COM é que não só SIMPLES NACIONAL (Super Simples) por se só não  teriam um crescimento expressivo se não fosse por conta da desburocratização que o MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) trouxe.

Cabe salientar que a desburocratização traz crescimento em várias áreas principalmente para o Estado como instituição por facilitar a formalização de pessoas que anteriormente não era contribuinte, provando assim pelo próprio governo que atos inibitórios para a regularização das entidades só servem para atrasar e acarretar em em percas para ambos os lados, União, Contribuintes e Consumidores.

Paulo Góis
Contador
ITCCNT.COM