Algumas sugestões para você ser um profissional visto e com o currículo atualizado

Luciano Muchiotti *

Já ouvi diversas frases, e feedbacks sobre como podemos melhorar.

Melhorar é uma palavra que remete a aspectos muitos relativos.

Há uma série de situações em nossa vida onde podemos melhorar, não tenha dúvida disso.

O foco do artigo é o seu currículo, pois é um documento que pode ser melhorado. Aliás, deve ser melhorado e atualizado constantemente.

Conheço colegas e vários casos que pelo simples fato de não atualizar o currículo ficaram sem a tão esperada vaga.

Muita gente faz um currículo uma vez na vida, encaminha para dezenas de empresas e pronto, acha que tudo estará resolvido. E acredite, a maioria das pessoas agem dessa forma.

Passa um mês, três meses, dez meses e começam a se perguntar por que é que nenhuma empresa fez contato ainda.

Claro que as pessoas só vão conseguir melhorar seu currículo se ficarem atentas. Concluiu o curso de inglês, então acesse os sites onde cadastrou o currículo e o atualize. Para as empresas onde deixou o currículo há algum tempo, encaminhe um novo dizendo que é uma atualização do anterior e assim por diante.

As empresas, através dos seus profissionais de RH analisam dezenas e dezenas de currículos por dia na busca do perfil ideal para a vaga. Se você esqueceu de colocar a data de término de sua faculdade, ou mesmo não se preocupou em encaminhar um novo currículo, esqueça, você não tem o perfil desejado, simplesmente por não ter encaminhado as informações.

Já selecionei milhares de currículos e confesso: fazer uma triagem e seleção de currículos é cansativo, carece de muita atenção e tempo, e acredito que os colegas da área também já passaram por isso. E quando as vagas são para “ontem” como costumam dizer, não dá para revisar os currículos várias vezes.

Deixo então algumas sugestões para você ser um profissional visto e com o currículo atualizado:

1) Faça uma relação das empresas onde deixou, encaminhou ou cadastrou seu currículo e que contenha a data como referência para atualização;

2) Analise se a atualização é necessária e pode fazer a diferença. É possível que você tenha concluído algum curso que não está ligado ao foco da empresa, ou ao seu ramo de atividade.

3) Cuidado com a quantidade de currículos que você envia para as empresas, tenha cautela. Duas vezes por ano é um bom número. Se for necessário encaminhar antes desse período, faça uma boa observação de modo que possa identificar a necessidade do envio.

4) Se nenhuma das informações acima atendeu sua necessidade, então procure uma agência de emprego e peça o serviço de orientação para preparar um bom currículo.

Boa sorte e sucesso. 

* Luciano Muchiotti – Psicólogo, Pós-Graduado em Liderança e Gestão de Talentos Humanos e Técnico de Segurança do Trabalho.

http://www.contratado.com.br

Fonte: Incorporativa