Resultado é recorde para todos os meses de toda a série histórica do Caged

Brasília, 16/03/2011 – A Região Centro-Oeste gerou 32.225 postos de trabalho formal em fevereiro deste ano. O volume de vagas criadas representa um crescimento relativo de 1,21% em relação a janeiro deste ano.  Esse resultado, o melhor registrado entre as grandes regiões do país, é recorde para o mês de fevereiro e para todos os meses de toda a série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Três estados da região, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás – ocupando, respectivamente, o 7º, 8º e 9º lugares – ficaram entre os 10 estados Federação que mais geraram vagas celetistas, em fevereiro deste ano.

Os setores que mais contribuíram para esse desempenho foram: os Serviços com a criação de 9.706 postos, a Agropecuária com a criação de 9.458 postos, a Indústria de Transformação com 7.463 postos e o Comércio com a criação de 3.765 postos.

Em termos absolutos o saldo de empregos formais criados na região Centro-Oeste no período entre 2007 e 2011 foi de 452.430 postos. Considerando-se a série ajustada no mesmo período foram criados 615.526 postos.

Estados – Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foram os estados que mais se destacaram: O primeiro gerou 10.558 postos, variação de 1,96%, maior taxa de crescimento registrada entre as unidades de federação, para o mês de fevereiro e o melhor saldo para todos os meses da série histórica do Caged. O segundo ao criar de 5.391 vagas registrou recorde para o mês de fevereiro e o segundo melhor resultado para todos os meses da série.

Em termos absolutos, Goiás apresentou o melhor resultado na geração de empregos formais no mês de fevereiro, ao criar 13.225 vagas o que significou um crescimento relativo de 1,30%.  Ao registrar saldo de 3.051 postos o Distrito Federal ficou em 4º lugar na geração de empregos formais, em fevereiro, tanto absoluta quanto relativamente falando.

Assessoria de Imprensa do MTE
(61) 3317-6537 – acs@mte.gov.br

Anúncios